Dicas de marketing político

Nesse espaço iremos sempre falar do uso das redes sociais em sua campanha eleitoral.

Claro que você não irá ganhar a eleição usando somente as redes sociais.

Mas você não irá ganhá-la se não souber usá-la bem. Hoje atribui-se 56% da ação política ao trabalho da redes. Isso significa que ela é a parte maior de sua campanha.

Nesse espaço iremos comentar, discutir, ouvir voce, dar dicas, analisar seu trabalho, interagir com nossos leitores.

########################################################################################################################################################

Dica 01

Comece a fazer já a sua pré-campanha

Todo candidato deve começar a fazer já a sua pré-campanha. Ela é legal e muito barata! Com a atual legislação que restringe o uso de patrocínios e o curto espaço de tempo da campanha “autorizada”, resta aos candidatos um sólido e gradual esforço nas redes sociais para poder substituir os antigos patrocínios e o espaço maior que existia anteriormente.
A única certeza que temos é que seu eleitor está todo dia nas redes sociais.
Trabalhar o seu lado cidadão agora, não falar de política, falar do homem, da família, de cidadania, de ética tão necessária ao país é a sua melhor pré-campanha

########################################################################################################################################################

Dica 2

Trabalhe somente com quem tem experiência em Marketing Político

Não pense que quem entende de redes sociais, mídia digital tem o conhecimento suficiente para fazer Marketing Político. A verdade é que não tem. O Marketing Político é uma especialização do Marketing Digital assim como na medicina, o cardiologista é uma especialização de um médico. É a mesma coisa. O médico em geral entende de coração, mas só o cardiologista, o especialista, é quem pode ir mais fundo e acertar muito mais. Procure então saber quais foram os reais candidatos na política que determinada agencia trabalhou e qual foi o nível de resultados deles.

########################################################################################################################################################

Dica 3

A participação do candidato nas redes sociais é importantíssimo

Participar não é ter página no Facebook, Blog e ou Twitter. Além de ter, tem que participar, interagir, comentar, compartilhar, opinar.
Canso de ver páginas de candidatos e de políticos eleitos entregues a um assessor e cuja a eficiência é zero!. Todos percebem a ação do assessor, do contratado. Todos sentem que não é o político quem está ali. Isso é péssimo. O público percebe isso . Você pode ter uma assessoria, ou melhor deve tê-la, mas você tem que estar presente nas redes mostrando a sua cara. Uma boa assessoria irá cobrar isso de você. Fuja de quem disser que não precisa!
Hoje ficou tão fácil você fazer um vídeo com o seu celular para depois postar a sua mensagem em suas redes…fácil e sem custo nenhum. Pense nisso ! Apareça ! Ponha a sua cara, a sua voz !!

########################################################################################################################################################

Dica 4

Procure conhecer as melhoras páginas de rede de sua região

Em toda cidade, em toda região existem dezenas de páginas que falam sobre aquele local. São páginas de Facebook, são grupos no Facebook, ou no “Zap”, são portais no Youtube, são páginas no Instagram, são atuantes do Twitter ou são Blogs regionais.
Você tem que conhecê-los, acompanhá-los, segui-los, participar deles. Saber o que criticam e o que elogiam. Isso pode ser monitorado por programas para facilitar a sua vida. Aí você encontra a essência de seu eleitor. Peça de sua assessoria um monitoramento de seu nome nas redes, de seus concorrentes e das principais palavras chaves de sua região ( problemas locais).

########################################################################################################################################################

Dia 5

Conheça seus pontos fracos e os pontos fortes de seus opositores

Todos nós temos pontos fortes e pontos fracos. Assim como nossos concorrentes.
Se você se conhece bem…você já tem 50% da vitória. se você além de se conhecer bem, conhece também bem seus opositores você terá 100% de vitória!.
Dessa forma saber onde está a sua força de comunicação e onde estão os seus pontos sensíveis é fundamental. Como se defender das críticas que virão. Criar uma estrutura de argumentos para elas. Assim também como trabalhar com eficiência os pontos fracos de seus adversários.
Além disso, identificar e conhecer bem a origem e o porque das críticas.Qual é a ação para desarmá-los , anular esses setores com inteligência e bons argumentos.
Essa é a área de inteligência de sua campanha. A sua Agencia deve ter experiência em administração de crises e conflitos. Ou contratar quem tenha para assessorá-los.

########################################################################################################################################################

Dica 6

Conhecer o universo e as propriedades de cada rede social

Você pode confiar em sua agencia e até deve mesmo confiar. Mas você não deve ser passivo nessa relação. A campanha é sua, a vitória será sua, assim como a derrota e os gastos pertencem exclusivamente a você.
Então você conhecer o suficiente para cobrar, para fiscalizar, para discutir investimentos etc.
Cada rede tem a sua qualidade, a sua força, o seu objetivo e a sua fraqueza.

a) Twitter

Importantíssimo para disseminar uma determinada matéria. Ele direciona assuntos para outros canais. O Twitter pauta imprensa. O Twitter é visto por um segmento mais elitizado. O Twitter serve também para questionar opositores, combater na rede e responder posições cobradas.

b) Whatsapp

Outra ferramenta importantíssima por seu diversificado uso. Hoje quase não se fala por telefone. Muito se fala pelo Whatsapp. Existem milhares de grupos que podem ser de interesse de uma campanha. grupos de bairro, grupos de amigos, grupos de bar, grupos de colegas de trabalho, grupo de futebol e assim vai. O grande objetivo de um candidato é estar dentro desses grupos. Conseguir participar do maior numero de grupo é o maior objetivo.

c) Facebook

Sem dúvida nenhuma o Facebook com seus perfis, suas páginas e seus grupos é a principal rede social para se comunicar. Encontramos hoje centenas de páginas com mais de um milhão de seguidores ou curtidas.

Qualquer que seja o assunto há páginas sobre eles. Precisa- se conhecer a importância de um perfil pessoal, a importância de uma página, que não tem limites de seguidores e a importância de grupos, que se reúnem para discutir determinado assunto de uma região

Campanhas promocionais do Facebook permite que você escolha a cidade onde quer que seja feita a campanha, se atinge homens e ou mulheres, dentro de uma determinada faixa etária e dentro de um determinado nível de escolaridade.
É cirúrgica a ação do Facebook.

Claro que você candidato não tem que conhecer a fundo tudo isso. Mas quanto melhor souber como funciona, mais poderá cobrar de sua agencia os seus esforços para a vitória

Claro que há outras redes que também ajudam a composição dessa malha de informações

Temos o Youtube, o e-mail, o Instagram, o Snapchat, o Pinterest, Sites, Blogs, etc.
Mas as 3 redes de maior força em uma campanha são as mencionadas acima

Blog no WordPress.com.

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: